Você já tinha uma loja física, resolveu subir um degrau e criou um e-commerce para aumentar seu alcance de vendas? Parabéns, essa é uma ótima iniciativa para o seu negócio. Entretanto, um dos principais desafios ao montar uma loja online vindo do mundo físico é fazer o gerenciamento das duas lojas, já que muitos empreendedores começam fazer um controle separado delas. Se a loja física e a virtual são duas opções de compra para o mesmo negócio, não tem porque tratá-las de forma diferenciada. A principal dica é fazer a integração entre os dois gerenciamentos.

Por que devo integrar o e-commerce à loja física?

Em primeiro lugar, é preciso compreender que o e-commerce é uma extensão da sua loja física. Quer um exemplo para entender por que essa consideração é tão importante?

Suponha que você tem uma última peça de uma calça X no estoque. Seu vendedor da loja física pode mostrar a peça a um cliente, enquanto outro consumidor está fazendo a compra pela loja virtual.

Sem um sistema de integração entre as duas lojas, os dois clientes vão comprar a mesma peça, que só tinha uma unidade. E agora, como explicar para um dos deles que ele pagou pelo produto, mas não vai poder levá-lo?

É por esse e outros motivos, que o ideal é unificar a gestão das duas lojas, unindo, do estoque e controle financeiro ao feedback dos clientes, todas as informações em um mesmo lugar.

Um bom sistema de ERP pode ajudar muito nessa na tarefa.

O que é e pra que serve um ERP?

O ERP (enterprise resource planning ou planejamento dos recursos da empresa) é a alternativa ideal para fazer a integração das lojas.

De forma resumida, o sistema reúne todas as informações e concentra os principais processos da empresa em um único lugar, permitindo que tanto a loja online quanto a física funcionem no mesmo fluxo. Isso permite que todo o gerenciamento do negócio seja feito em um único sistema, o que facilita muito a vida do empreendedor.

Por exemplo: você disponibiliza o mesmo produto nas duas lojas, certo? Quando não funcionam de forma integrada, ao realizar uma venda, o sistema automaticamente atualiza o estoque daquele produto e, se for o caso, inviabiliza compra fazendo com que ele fique indisponível no e-commerce ou não possa ser comprado na loja física.

Além de estoque, um ERP reúne as áreas de finanças, vendas, e até mesmo relacionamento com o cliente.

Diferenciais e vantagens de vincular a loja física ao e-commerce

Você tem uma loja física e um e-commerce funcionando sem um sistema de integração? Então, pare agora e implemente um sistema ERP para um melhor controle do seu negócio. Se tiver com dúvida, uma boa consultoria para e-commerce pode ajudar a escolher o melhor sistema e fazer a integração. Mas enquanto isso, divida sua experiência comigo: como você faz o gerenciamento das duas lojas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.